FALE CONOSCO

banner

banner
anucie

Leia as últimas notícias

Seminário debate implementação e incremento econômico dos quatro países

Leia as últimas notícias

Prefeitura inicia obra de reforma do Hospital Municipal de Santa Rita do Pardo

Leia as últimas notícias

Prefeitura realiza Audiência Pública sobre o tráfego de veículos da MS-040 em Santa Rita do Pardo

Leia as últimas notícias

Fiscais constatam irregularidades na contratação de operários na Vila Olímpica

Leia as últimas notícias

Licenciamento de veículos com placa final 6 vence na sexta-feira

quinta-feira, 28 de julho de 2016

CNA entrega a Temer lista com dez sugestões para agropecuária


O presidente interino, Michel Temer, receberá dos integrantes da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) com quem está reunido, uma lista com dez sugestões de medidas para “garantir o crescimento e o fortalecimento da agropecuária brasileira”. A lista foi apresentada nesta quinta (28) em um ato comemorativo pelo Dia do Agricultor, na Esplanada dos Ministérios, pouco antes do encontro com Temer.
Entre as medidas sugeridas na lista entregue pelo presidente da CNA, João Martins da Silva Júnior, há pedidos para que o governo assegure aos produtores o direito de propriedade, de forma a garantir a paz no campo; modernização da política agrícola brasileira; redução e simplificação de tributos; implementação do Código Florestal; licenciamento ambiental de atividades rurais; modernização da relação de trabalho rural.
Também estão, entre as demandas apresentadas, medidas que favoreçam o acesso a mercados internacionais; a priorização dos investimentos em infraestrutura e logística para escoamento da produção; promoção da assistência técnica e gerencial no campo; e o estabelecimento de um novo marco regulatório para registros agro-químicos.
Além do presidente interino e de João Martins, participam da reunião cinco vice-presidentes da CNA; o secretário-executivo do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, Daniel Carrara; e representantes da confederação nos estados do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Roraima e Maranhão.

Rota bioceânica começa a ser debatida hoje em MS


O seminário sobre a Rota Bioceânica que será realizado nesta quinta (28) e sexta-feira (29) em Campo Grande vai tratar das ações pendentes para a conclusão do corredor rodoviário que sai de Mato Grosso do Sul e segue até o porto de Antofagasta, no Chile. Representantes de quatro países sendo Brasil, Paraguai, Chile e Argentina, estarão na Capital discutindo soluções para a concretização do projeto.
De acordo com o Secretário de Governo e Gestão Estratégica (Segov), Eduardo Riedel, durante o seminário serão discutidas as soluções pontuais e concretas para cada uma das ações que ainda precisam ser executadas, com o objetivo de colocar a rota em funcionamento o mais breve possível.
"Vamos colocar em discussão os pontos chaves que ainda faltam concretizar, que são a construção da ponte ligando Porto Murtinho a Carmelo Peralta. O acordo para a obra foi formalizado entre Brasil e Paraguai no último dia 8. Também entra em pauta o asfaltamento no Paraguai, que é a maior parte do trajeto, e o término do asfaltamento na Argentina, que são somente 30 quilômetros e já está em andamento. Tenho certeza que nesses dois dias vamos avançar bastante", declarou Riedel.
O secretário reforçou a importância da criação da rota com base em estudos que apontam a saída pelo rio Paraguai como o melhor caminho para as riquezas de MS. O grupo de trabalho vai debater ainda ações para dar liberdade e segurança jurídica aos empresários que vão utilizar a rota.
"É um trabalho bastante complexo. A Receita Federal e a Polícia Federal estão presentes, estamos pensando na criação de sistemas de melhoria e acesso rápido à questão aduaneira. Esperamos que as propostas evoluam de maneira muito rápida. Nosso objetivo é criar vantagens competitivas e alavancar a economia do nosso Estado", finalizou Riedel.
O evento será realizado no Hotel Deville e contará com a participação do governador Reinaldo Azambuja; do integrante do grupo de trabalho, Secretário de Infraestrutura Marcelo Miglioli; o ministro dos Transportes do Brasil, Maurício Quintella Lessa; o Ministro de Indústria e Comércio do Paraguai, Gustavo Leite; ministro de Relações Exteriores do Paraguai, Eladio Loizaga; vice-ministro de Obras Públicas e Comunicação do Paraguai, Juan Agustín Perez; Ministro do Interior, Obras Públicas e Habitação da Argentina, Rogelio Frigerio; Ministro de Obras Públicas do Chile, Alberto Undurraga; vice-ministro de Relações Exteriores do Chile, Edgardo Riveros.

Comissão contará com depoimento do juiz Moro e procurador da República

A audiência com Dallagnol ficou acertada para o dia 9

                                                             Reprodução
A comissão da Câmara dos Deputados que analisa o projeto de lei com as medidas de combate à corrupção começará seus trabalhos com um depoimento do juiz federal Sergio Moro, responsável pela Operação Lava Jato na primeira instância. A audiência pública com Moro está marcada para a manhã de 4 de agosto.
A participação de Moro foi definida, em Curitiba, em reunião dos integrantes da comissão especial. "Nós nos reunimos com o juiz Sérgio Moro e acertamos a vinda dele para abrir a fase de oitivas da comissão especial que vai analisar as 10 medidas de combate à corrupção", disse o relator do projeto, deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS).
Além de Moro, a comissão também ouvirá o procurador federal, o procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato. A audiência com Dallagnol ficou acertada para o dia 9.
Outros depoimentos
Também serão colhidas contribuições de entidades da sociedade civil que atuam na temática contra a corrupção. "Os procuradores da Lava Jato se colocaram à disposição para colaborar com os trabalhos da comissão. A OAB [Ordem dos Advogados do Brasil], a Receita Federal, a Polícia Federal... vamos buscar todos que possam contribuir para que o Brasil possa enfrentar essa guerra contra a corrupção", afirmou Lorenzoni.
Em 2 de agosto será entregue um cronograma para a tramitação do projeto para que a Comissão consiga concluir os trabalhos até o início de novembro. Assim, a votação no plenário seria realizada em novembro.
Projeto
Elaborado pelo Ministério Público, o projeto com as medidas de combate à corrupção recebeu mais de dois milhões de assinaturas e foi apresentado ao Congresso Nacional por representantes da sociedade civil em março deste ano.
Ele prevê medidas como prisão de até oito anos para o funcionário público que tiver patrimônio incompatível com a renda; o aumento de penas para casos de corrupção e o enquadramento como crime hediondo no caso de altos valores; reforma no sistema de prescrição penal; responsabilização de partidos políticos e criminalização do caixa dois em campanhas eleitorais.
Da Agência CNM, com informações da Agência Brasil

Levantamento do TSE traça perfil do eleitorado brasileiro

Neste ano, as mulheres estão mais presentes que os homens


m levantamento feito pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) traçou que o perfil do eleitorado brasileiro tem mudado ao longo das últimas décadas. Em relação à escolaridade, 19,2% dos mais de 146 milhões de eleitores concluíram o ensino médio, segundo dados de junho. Em 2010, possuíam o mesmo grau de instrução 13% dos cidadãos de mais de 135 milhões de cadastrados.
Os dados apontam ainda que cerca de 10 milhões de eleitores possuem diploma de ensino superior, 6,9% do total – em 2010, 5,2 milhões haviam concluído a universidade, 3,8% do todo.
Neste ano, as mulheres estão mais presentes que os homens: 76,5 milhões de cidadãs estão registradas, representando 52,2% do eleitorado. Há cerca de 69,8 milhões de eleitores homens em todo o País.
Aptos a votar
Mais de 144 milhões de eleitores estão aptos para participar das eleições em 2016 – Fernando de Noronha e o Distrito Federal não entram na contagem. Na eleição de 2012, último pleito municipal, o número foi de 138 milhões de pessoas.
Quanto à idade, a maior parte dos eleitores tem entre 25 e 44 anos: são 61,7 milhões de eleitores nessa faixa, representando cerca de 42% do total de 146.470.880 pessoas registradas pelo TSE em junho deste ano. Em seguida, vem a faixa entre 45 a 59 anos, 34,7 milhões, 23,7% dos eleitores do País. Com 16 e 17 anos, idades em que o voto ainda é opcional, há mais de 2,6 milhões de eleitores.
Eleitores por região
No País, a Região Sudeste concentra quase metade dos eleitores, com 63,5 milhões de registrados, 43,3% do total. Em seguida, vêm as Regiões Nordeste, com 39,3 milhões (26,9%), e Sul, com 21,2 milhões de pessoas (14,5%).
No Norte, foram registrados cerca de 11,4 milhões de eleitores (7,8%), e no Centro-Oeste, 10,6 milhões de eleitores (7,2%). Há ainda aqueles brasileiros que moram fora do País e participam das eleições presidenciais, número em torno de 425 mil, segundo o TSE.
Agência CNM, com informações do TSE e da Agência Brasil

Justiça bloqueia R$ 38 milhões do Facebook por recusa de quebra de sigilo

O Facebook alegou que não pode cumprir as decisões porque as mensagens são criptografadas

Reprodução

A Justiça Federal no Amazonas determinou o bloqueio de R$ 38 milhões do Facebook, administrador do aplicativo de mensagens WhatsApp, porque a empresa descumpriu uma decisão judicial determinando o repasse de dados de usuários para uma investigação.
O valor corresponde a multa diária pelo descumprimento da decisão. As informações foram divulgadas pelo Ministério Público Federal (MPF), autor da ação.
Na decisão, a Justiça rejeitou os argumentos do Facebook de que os dados dos usuários estão guardados em servidores de computador no exterior e só podem ser solicitados por meio de acordo de cooperação internacional.
O bloqueio dos recursos do Facebook foi solicitados pelo MPF como medida alternativa às recentes decisões judiciais que suspenderam o funcionamento dos serviços do WhatsApp e deixaram milhares de usuários sem conexão.
De acordo com o procurador Alexandre Jabur, responsável pela investigação, o Facebook demonstra "enorme desprezo pelas instituições brasileiras" ao se negar a cumprir as ordens judiciais que determinam a quebra de sigilo de mensagens trocadas entre criminosos.
"Ao conferir proteção absoluta à intimidade, a empresa ultrapassa o limite do razoável, criando um ambiente propício para a comunicação entre criminosos, favorecendo aqueles que cometem crimes graves, como terrorismo, sequestro, tráfico de drogas etc. "argumentou o procurador.
O Facebook alegou que não pode cumprir as decisões porque as mensagens são criptografadas e, portanto, não acessíveis. Desde abril deste ano, o WhatsApp começou a adotar o recurso de segurança chamado criptografia de ponta-a-ponta.
Os detalhes da investigação não foram divulgados em razão do segredo de Justiça.
Agência Brasil

Seminário debate implementação e incremento econômico dos quatro países

Brasil, Paraguai, Chile e Argentina, estarão na Capital discutindo soluções para a concretização do projeto

Foto: Chico Ribeiro

O seminário sobre a Rota Bioceânica que será realizado nesta quinta(29) e sexta-feira (29) em Campo Grande vai tratar das ações pendentes para a conclusão do corredor rodoviário que sai de Mato Grosso do Sul e segue até o porto de Antofagasta, no Chile. Representantes de quatro países sendo Brasil, Paraguai, Chile e Argentina, estarão na Capital discutindo soluções para a concretização do projeto.

De acordo com o Secretário de Governo e Gestão Estratégica (Segov), Eduardo Riedel, durante o seminário serão discutidas as soluções pontuais e concretas para cada uma das ações que ainda precisam ser executadas, com o objetivo de colocar a rota em funcionamento o mais breve possível.

"Vamos colocar em discussão os pontos chaves que ainda faltam concretizar, que são a construção da ponte ligando Porto Murtinho a Carmelo Peralta. O acordo para a obra foi formalizado entre Brasil e Paraguai no último dia 8. Também entra em pauta o asfaltamento no Paraguai, que é a maior parte do trajeto, e o término do asfaltamento na Argentina, que são somente 30 quilômetros e já está em andamento. Tenho certeza que nesses dois dias vamos avançar bastante", declarou Riedel.

O secretário reforçou a importância da criação da rota com base em estudos que apontam a saída pelo rio Paraguai como o melhor caminho para as riquezas de MS. O grupo de trabalho vai debater ainda ações para dar liberdade e segurança jurídica aos empresários que vão utilizar a rota.

"É um trabalho bastante complexo. A Receita Federal e a Polícia Federal estão presentes, estamos pensando na criação de sistemas de melhoria e acesso rápido à questão aduaneira. Esperamos que as propostas evoluam de maneira muito rápida. Nosso objetivo é criar vantagens competitivas e alavancar a economia do nosso Estado", finalizou Riedel.

O evento será realizado no Hotel Deville e contará com a participação do governador Reinaldo Azambuja; do integrante do grupo de trabalho, Secretário de Infraestrutura Marcelo Miglioli; o ministro dos Transportes do Brasil, Maurício Quintella Lessa; o Ministro de Indústria e Comércio do Paraguai, Gustavo Leite; ministro de Relações Exteriores do Paraguai, Eladio Loizaga; vice-ministro de Obras Públicas e Comunicação do Paraguai, Juan Agustín Perez; Ministro do Interior, Obras Públicas e Habitação da Argentina, Rogelio Frigerio; Ministro de Obras Públicas do Chile, Alberto Undurraga; vice-ministro de Relações Exteriores do Chile, Edgardo Riveros.

Texto: Diana Gaúna, Subsecretaria de Comunicação

Fiscais constatam irregularidades na contratação de operários na Vila Olímpica

As empresas responsáveis pelos trabalhadores foram notificadas

Alguns dos prédios da Vila dos Atletas e arenas do Parque Olímpico foram entregues com problemas nas redes hidráulica, elétrica e de gás, e operários foram contratados para fazer os reparos. Arquivo/Agência Brasil

Em fiscalização nesta quarta-feira (27) no Parque Olímpico, na Barra da Tijuca, a Superintendência Regional do Trabalho (SRT) no Rio de Janeiro constatou irregularidades nas condições de trabalho dos operários que fazem reparos nas redes hidráulica, elétrica e de gás de alguns imóveis da Vila dos Atletas e em arenas do parque que foram entregues com problemas. De acordo com fiscais da SRT, os operários não tinham carteira assinada, nem contrato temporário de trabalho e cumpriam carga horária excessiva.
A ação teve início nos 31 blocos de apartamentos da Vila dos Atletas que passam por reparos e onde trabalham 630 operários contratados emergencialmente para fazer consertos em mais de 3.600 imóveis que servirão às delegações. Além das redes hidráulica, elétrica e de gás, estão sendo reparados também defeitos em tetos com rebaixamento de gesso.
Segundo o Comitê Rio 2016, a ação de fiscalização descumpre um acordo entre o Ministério do Trabalho e Emprego e o comitê para que "não houvesse autuação antes da análise dos documentos". De acordo com o comitê, a documentação seria apresentada ainda hoje aos fiscais para análise. Uma advogada já está no Parque Olímpico com toda a documentação referente aos empregados, informou o comitê.
Fiscalização
De acordo com nota do Ministério do Trabalho e Emprego, auditores fiscais do trabalho foram à Vila dos Atletas para verificar denúncias de sobre a jornada de trabalho e as condições de alimentação e higiene dos trabalhadores no local.
A nota diz que, em entrevista com os operários, a equipe constatou que não havia anotação de registro em carteira profissional deles, o que revela "indícios de informalidade na contratação de aproximadamente 600 trabalhadores. Além disso, foram verificadas jornadas de trabalho de até 23 horas diárias.
As empresas responsáveis pelos trabalhadores foram notificadas a apresentar documentação referente aos contratos de trabalho. Caso as irregularidades sejam confirmadas, serão lavrados os respectivos autos de infração que, após prazo recursal, poderão resultar na aplicação de multas.
A operação faz parte do planejamento do Ministério do Trabalho voltado aos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, que inclui verificação das condições de trabalho na construção das instalações e em obras de infraestrutura, com acompanhamento detalhado.
Durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos, o Ministério do Trabalho disponibilizará sete equipes de auditores fiscais para verificação das condições de trabalho em todas as instalações.
Agência Brasil*

Licenciamento de veículos com placa final 6 vence na sexta-feira

A guia de pagamento pode ser emitida em qualquer Agência do Detran ou pela internet


O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MS) informa que esta sexta-feira (29) é o último dia para o pagamento do licenciamento sem acréscimo, para quem tem veículos com placa final 6.
Devido ao aumento no número de atendimentos, nos dias 28 e 29 (quinta e sexta-feira) a Agência Suzana Lopes Sgobbi, que funciona no Shopping Campo Grande, estará aberta ao público até às 20h. O atendimento segue até às 22h apenas para os usuários que estiverem dentro da agência.
O mesmo acontece na Agência Geraldo Garcia, que devido à grande movimentação, estará aberta até às 17h. Já nas Agências do Detran dos Fáceis, o pagamento pode ser realizado até às 15h.
A guia de pagamento pode ser emitida em qualquer Agência do Detran ou pela internet em "serviços online" no site www.detran.ms.gov.br. O licenciamento pode ser pago no órgão ou em rede bancária credenciada: Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Bradesco, Casas Lotéricas, Banco Postal dos Correios e Rede Pague Fácil.
Para que os usuários não sofram transtornos, o Detran-MS alerta para que os contribuintes não deixem o pagamento para última hora. Em caso de dúvidas a população pode entrar em contato com o órgão pelos telefones 154, na Capital e (67) 3368-0500 no interior.
Próximos vencimentos
A partir de agosto, os veículos com placas final 7, 8, 9 e 0 receberão as guias de pagamento na residência, cujo endereço consta na base do Detran-MS.
Caso o veículo seja ônibus ou micro-ônibus, possua um débito em atraso ou possua alguma restrição será necessário que o proprietário ou representante legal procure um dos postos de atendimento do Detran para regularizar a situação.
Texto: Assessoria de Comunicação/ Detran-MS

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Veículos de luxo roubados são recuperados no mesmo dia pela PRF no Bolsão

Os veículos foram clonados, pois as placas tinham origem de São Paulo/SP e Uberaba/MG, ambos com registro de roubo/furto neste ano

O primeiro carro foi apreendido às 2h40, um Chevrolet/ Cruze LT NB na Unidade Operacional da PRF. (Foto: assessoria)

Por volta das 02h40 de terça-feira (26), no km 140 da BR-262 em Água Clara/MS, em frente à Unidade Operacional da PRF, policiais rodoviários federais deram ordem de parada ao veículo Chevrolet/ Cruze LT NB, placas aparentes FMB-0775, de São Bernardo do Campo/SP, conduzido por B. H. R. S., 32 anos, garçom.
Perguntado sobre sua origem e seu destino, ele disse que saiu da cidade de Araçatuba/SP e iria até a cidade de Campo Grande/MS onde iria encontrar a sua filha. Durante a entrevista, a equipe notou que o condutor apresentava nervosismo bem como contradições em suas respostas.
Diante da fundada suspeita verificada, os agentes da PRF procederam a uma identificação veicular minuciosa e constataram que o veículo original era o Chevrolet/Cruze LT NB, placas FAX-6406, da cidade de São Paulo/SP com ocorrência de roubo/furto na data de 19/05/2016 no mesmo município.
Fonte:Perfilnews

Prefeitura inicia obra de reforma do Hospital Municipal de Santa Rita do Pardo


Com o objetivo de melhorar cada vez mais a infraestrutura do Hospital Municipal de Santa Rita do Pardo, iniciou nesse mês de junho, a obra de reforma da Unidade Mista de Saúde Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.
Inaugurado em 31 de julho de 1993, o hospital recebeu apenas uma obra de ampliação realizada em 2004. Após 12 anos desde sua primeira ampliação, o Hospital Municipal agora receberá uma obra de reforma com um investimento de R$ 297.321,88, graças a uma parceria do Município com o governo do Estado de Mato Grosso do Sul.
A obra de reforma consiste na recuperação da cobertura, instalações hidrossanitárias, recuperação das tubulações de água e esgoto, reforma da cozinha, recuperação das calçadas, fachada e pintura geral interna e externa, entre outros.
De acordo com o Departamento de Obras, já foi realizada a recuperação da cobertura e iniciada a pintura interna do hospital. Também foi necessário a retirada das árvores que danificaram as calçadas e as tubulações de esgoto  que serão recuperadas com a reforma.
Os recursos, no valor total de R$ 300 mil reais, foram liberados pelo governador Reinaldo Azambuja, juntamente com o secretário Estadual de Saúde, Nelson Tavares, para o Fundo Municipal de Saúde do Município em visita a Santa Rita do Pardo durante solenidade de autorização para início das obras de pavimentação, restauração asfáltica e drenagem da rodovia MS-040, na área urbana de Santa Rita do Pardo, no dia 29 de março deste ano.
A expectativa da obra é beneficiar todos os munícipes, trazendo melhores condições no atendimento e nos procedimentos realizados no Hospital.

Prefeitura realiza Audiência Pública sobre o tráfego de veículos da MS-040 em Santa Rita do Pardo


A Prefeitura de Santa Rita do Pardo realizou Audiência Pública para debater sobre o tráfego de veículos da MS-040 no trecho urbano do município. Realizada no Salão Municipal, a audiência pública contou com a participação de representantes do comércio local, dos sindicatos, do legislativo, do poder executivo, entidades não governamentais e moradores do município, onde estiveram presentes mais de 200 pessoas.
A audiência pública foi conduzida pelo presidente da Comissão Organizadora, o Secretário de Controle e Gestão Oziel Dias Leal e vice-presidente, engenheiro Atos Batista de Souza Junior que, na condução dos trabalhos, teve a participação do Sr. Nelson Alves de Souza, engenheiro e representante da AGESUL – Agencia Estadual de Gestão de Empreendimentos de Mato Grosso do Sul; do Sr. Everton Faleiro, advogado e representante jurídico da prefeitura; do Sr. Ademir Bispo, representante do Sindicato dos Trabalhadores Rurais; do Sr. Henrique F. dos Santos, representante do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais; do Sr. Florindo Cavalli Neto, representante do  Sindicato Rural e do Sr. Marcelo Gulart, representante da Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Santa Rita do Pardo.
Durante a audiência, o engenheiro Atos Batista Junior apresentou informações relevantes quanto à situação das avenidas e ressaltou que a obra de pavimentação asfáltica em execução atende todas as normas técnicas que asseguram comportar o tráfego de veículos pesados. Já o engenheiro Nelson Alves de Souza, representante da AGESUL, destacou que o solo do município é frágil e que em longo prazo, o asfalto poderá ser comprometido com o tráfego pesado.
Também foi dada a oportunidade aos presentes para manifestarem suas opiniões, onde alguns moradores e representantes de entidades do município levantaram questionamentos pertinentes ao tema e expuseram posicionamento contrário ao tráfego de veículos pesados no trecho urbano da MS-040.
Ao final da audiência, o presidente da Comissão Organizadora, Oziel Dias Leal, oportunizou a todos os participantes que manifestassem seus votos a favor ou contra o tráfego de veículos pesados nas vias urbanas do município, onde a população presente, em sua maioria, manifestou-se contrária ao tráfego, ficando, portanto, deliberado a restrição de veículos pesados no centro da cidade.
Sobre o objetivo da Audiência Pública
O objetivo da audiência pública foi promover um diálogo com os cidadãos santa-ritenses para buscar alternativas relacionadas à viabilidade do tráfego de veículos nos trechos urbanos da MS-040 em Santa Rita do Pardo.
Além disso, a audiência também serviu de instrumento para colheita de opiniões, propostas e críticas, onde foi oportunizada a participação da população, promovendo-se, assim, um diálogo democrático com vistas à melhor solução para a comunidade.
A audiência pública permite a participação de todos, bem como, facilita que se encontre um caminho mais fácil para a solução do problema em questão e valoriza o diálogo social, dando aos envolvidos a possibilidade de participação no debate e na construção de alternativas para solucionar o problema que aflige a população e a colaborar na busca de uma solução que traga menos traumas a sociedade.
Nesse contexto, demonstra-se que os objetivos e propostas da Audiência Pública sobre o tráfego de veículos da MS-040, foram alcançados e bem sucedidos. Pois, além de ter a participação do povo, a audiência possibilitou à comunidade um diálogo democrático com opiniões, críticas e sugestões da população.

segunda-feira, 18 de abril de 2016

Câmara aprova continuidade do processo de impeachment da presidente Dilma

Com ampla folga, aprovação leva processo contra petista a ser encaminhado ao Senado Federal, que decidirá se abre ação


A Câmara dos Deputados aprovou a abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, em votação aberta no plenário da Casa, realizada neste domingo (17). O resultado da sessão que encaminha a ação que pode derrubar a petista do governo federal, que precisava de 342 votos, foi decidido com ampla folga, com 37 votos de antecedência.No total, 367 deputados votaram a favor da abertura do processo e 137, contra. Dois parlamentares não compareceram e sete decidiram se abster de dar seus votos. 
Com o resultado, o parecer do relator Jovair Arantes (PTB-GO), elaborado na Comissão Especial do Impeachment, segue agora para o Senado Federal, a quem cabe aprovar, por maioria simples, a abertura da ação, o que levaria ao afastamento de Dilma por 180 dias. Só a partir daí é que o processo começa de fato. 
"Está autorizada a instauração de processo contra a senhora Dilma Rousseff por crime de responsabilidade em denúncia feita por Hélio Pereira Bicudo, Miguel Reale e Janaína Conceição Paschoal em virtude de decretos suplementares sem autorização do Congresso Nacional", anunciou o presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), após mais de seis horas de votação. "A decisão será comunicada ao presidente do Senado Federal [Renan Calheiros (PMDB-AL)]."

Sessão mais longa da história
Iniciada na manhã de sexta-feira (15), a sessão que se tornou a mais longa da história da Câmara contou com discursos de mais de duas centenas deputados e se arrastou pelas madrugadas do fim de semana. Além dos ataques de uma parte a outra, os últimos três dias foram marcados por protestos com cartazes e faixas dentro do plenário e tumultos. 
No início da tarde deste domingo, houve confusão antes e durante o discurso do relator Jovair Arantes, que precedeu a votação. Deputados oposicionistas e governistas se acusavam mutuamente de levarem faixas à Câmara, o que não é permitido. Cunha precisou interferir para evitar novas movimentações. 

Quadrilha explode banco, faz taxistas reféns e atira contra delegacia e PM

Dez homens, separados em grupos armados com fuzil explodiram uma agência do Banco do Brasil, fizeram dois taxistas reféns para ajudar no roubo e atiraram contra a delegacia de Polícia Civil e o batalhão da Polícia Militar de Sonora, cidade ao norte do Estado, divisa com Mato Grosso. Um morador foi baleado, na ação que ocorreu por volta da 2h30 da madrugada de hoje (18).
 Agência fica localizada na Avenida Marcelo Miranda Soares, Centro - Foto:Eder Pereira/Idest
Teto desabou, paredes caíram, toda estrutura dentro do prédio foi abalada- Foto:Eder Pereira/Idest

De acordo com o site Idest, por toda cidade foram ouvido os disparos e as duas explosões. A primeira explosão aconteceu por volta de 02h35, a segunda aconteceu as 02h54. Neste meio tempo dois taxistas que passaram pelo local foram mantidos reféns e só foram liberados após toda a ação na saída da cidade.
Filmagens de circuito de vigilância dos comércios próximo ao banco mostram o momento exato que a quadrilha entra na agência, por volta das 02 horas, em seguida já se vê as explosões e as abordagens dos reféns.
Enquanto o assalto acontecia na agência localizada na avenida Marcelo Miranda Soares, outro grupo coagia policiais civis e militares, deixando os agentes presos dentro dos prédios. Os taxistas, que passavam em frente a agência na Avenida Marcelo Miranda Soares, tiveram que carregar os malotes do banco e foram liberados a cerca de 5 quilômetros do local, na saída da cidade. Os homens seguiram pela estrada de Sete Placas, no sentido de Coxim.
Eles são procurados por policiais de operações especiais. Segundo a Polícia Civil, os assaltantes estavam em três ou quatro carros. 
Ainda não se sabe a quantia exata de dinheiro que foi levada do banco, mas o prejuízo foi enorme, o teto desabou, paredes caíram, toda estrutura dentro do prédio foi abalada.
O homem baleado, foi atendido pelos médicos plantonistas, que retiram a bala que ficou alojada na perna e de acordo com um dos médicos, o ferimento foi superficial e logo a vítima foi liberada. 

Em Santa Rita do Pardo, homens são executados no interior de casa, em sítio ás margens da MS-338

Um duplo homicídio foi registrado na tarde deste domingo (17) em uma chácara distante cerca de 22 quilômetros da cidade de Santa Rita do Pardo.
Patrão e funcionário foram encontrados, mortos com diversas perfurações de arma de fogo, no interior de uma residência, localizada em um sitio que fica localizado ás margens da rodovia MS-338, entre Bataguassu e Santa Rita do Pardo.
                        Fotos: Tiago Apolinário/Da Hora Bataguassu
Os dois homens identificados como Aparecido Ferreira Ferro de 56 anos, conhecido com “Cidinho da Geriva” e Valmir José de Maria de 42 anos, foram assassinados com vários disparos de arma de fogo, que segundo a policia são de calibre 380 e calibre 12.
Policiais Militares realizaram o isolamento do local até a chegada da perícia.
De acordo com policiais militares, eles foram acionados por volta das 16 horas, pelo filho de uma das vítimas, onde ao passar pela propriedade, em companhia de outra testemunha, para realizar a troca da caminhonete GM/S10 que seria da testemunha e estaria em posse de Cidinho. Ao chegaram à casa eles teriam encontrado a caminhonete estacionada com as quatro portas abertas, em sequência teriam encontrado a porta da cozinha arrombada e os dois corpos alvejados com vários disparos já sem vida, caídos no chão no interior da casa, momento em que se dirigiram até o pelotão da policia militar em Santa Rita do Pardo e comunicaram o fato.
Policiais Militares e Policiais Civis de imediato se dirigiram para o sítio, onde encontraram os corpos dos dois homens, sendo patrão e funcionário.
A suspeita da policia, é de que o crime tenha ocorrido durante a noite de sábado (16), quando a dupla teria chegado à propriedade e aparentemente teriam sofrido uma emboscada, onde foram surpreendidos pelos criminosos. Pois varias marcas de tiros ficaram nas paredes da varanda de entrada da residência. Uma arma de fogo foi encontrada no interior de uma bolsa com roupas, e  que segundo a policia seria de propriedade de Cidinho, o que mostra que eles teriam adentrado ás pressas para o interior da casa, não dando tempo de pegar a bolsa com a arma e tentaram se defender.
Os criminosos teriam arrombado a porta da cozinha, que fica aos fundos da residência, o que mostra que as vitimas teriam se trancado no interior da casa, porém mesmo assim acabaram sendo brutalmente assassinados. Valmir foi encontrado caído no chão da cozinha, já Cidinho foi encontrado caído pouco metros à frente, próximo a porta de acesso a um dos quartos da residência. Ambos foram alvejados com diversos disparos, de calibre 380 e calibre 12, nas costas e na cabeça.
Cidinho seria arrendatário do sítio e Valmir seria seu funcionário, eles residiam na cidade de Santa Rita do Pardo e de acordo com informações obtidas no local, teriam ido somente passar o final de semana na localidade rural, onde segundo os policiais já seria de costume. A policia acredita que o crime seja acerto de contas e que o principal alvo dos criminosos seria Cidinho.
Várias marcas de tiros, ficaram nas paredes, tanto na parte de fora, quanto no interior da casa onde foram encontrado os corpos dos dois homens. Diversas cápsulas de calibre 12 e 380 foram recolhidas no local pela perícia.
Os policiais civis e militares de Santa Rita do Pardo, realizaram o isolamento do local até a chegada de uma equipe do núcleo de Perícia da cidade de Três Lagoas, sendo os corpos liberados após a pericia e encaminhados ao IML (Instituto Médico Legal) de Três Lagoas. A policia civil já trabalha no caso a fim de esclarecer e identificar a autoria do crime.
Cidinho havia sido preso em Novembro de 2015, por agentes do SIG de Bataguassu, no momento em que estaria no centro de Bataguassu, portando um revólver calibre 38.
De acordo com os policiais, na época durante uma diligência na área central da cidade, eles teriam avistado Cidinho com um volume na cintura, e mediante a suspeita teria resolvido realizar uma abordagem, sendo então encontrado em sua posse um revólver calibre 38.
Cidinho teria sido preso em flagrante, porém após o pagamento de fiança foi posto em liberadade.
Policiais Militares realizaram o isolamento do local até a chegada da perícia.
Caminhonete foi encontrada com ás portas abertas.
Uma bolsa com uma arma de fogo foi encontrada pela perícia.


Fonte:dahorabataguassu

segunda-feira, 28 de março de 2016

Polícia apreende 311 kg de maconha com advogado que integrava quadrilha

Um advogado criminalista, uma adolescente e outras três pessoas, sendo uma adolescente de 16 anos, foram detidas na noite dessa sexta-feira (25) por uma equipe da Polícia Militar por tráfico de drogas em Mundo Novo
Segundo informações policiais, nas proximidades da sede da Apae, por volta das 22h, os policiais em fiscalização de rotina suspeitaram de pessoas qye trocavam o pneu de um VW Santana, já que ao lado estava estacionado um Honda Civic e um GM Vectra.
Ao perceber a aproximação dos policiais militares, os ocupantes do Civic, possivelmente, duas pessoas, conseguiram empreender fuga. Durante vistoria no interior do Santana, foram localizados 356 tabletes de maconha, que pesaram 311 quilos. No Vectra, foi localizado um rádio comunicador, usado no monitoramento de movimentação policial.
A quadrilha que reside em Bandeirantes (PR), disse ter adquirido a droga em Amambai, sendo que um mapa indicando o itinerário entre a cidade sul-mato-grossense e o município de origem da quadrilha, foi encontrado no interior do veículo.
Os dois veículos, a maconha e os cinco envolvidos foram levados à Delegacia de Polícia de Mundo Novo para os demais procedimentos.

Quatro ficam feridos depois de capotagem de veículo em rodovia


Carro foi parar no meio de um lamaçal às margens da rodovia - Foto: Reprodução/WhatsApp
Quatro pessoas, que não tiveram as identidades divulgadas, ficaram feridas depois de se envolverem em acidente de trânsito, na manhã deste domingo (27), em Ivinhema
De acordo com o site Ivi Notícias, uma mulher de 31 anos conduzia um veículo Chevrolet Onix com placas de Ferraz de Vasconcelos (SP), quando perdeu o controle do carro e saiu da pista. O veículo capotou em seguida e parou em uma vala alagada.
Os ocupantes do carro, motorista e três mulheres, tiveram ferimentos leves. Eles foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros e levados para o Hospital Municipal de Ivinhema

Colisão entre veículos na MS-276 deixa duas pessoas feridas em Batayporã

Carros colidiram após um dos motoristas perder o controle em lombada - Foto:Gemino Roz/Nova News

Na manhã deste domingo (27), por volta das 09h40, uma colisão frontal entre um Ford Fiesta com placas de Santana da Ponte Pensa (SP), e um VW Spacefox com placas de Batayporã, deixou duas pessoas feridas na rodovia MS-276, próximo ao Posto Tigrão, no município de Batayporã.
De acordo com o site Nova News testemunhas disseram que, o Ford Fiesta conduzido por uma mulher residente no Estado de São Paulo, seguia pela rodovia MS-276 sentido Anaurilândia, quando ao passar pela lombada existente na via acabou perdendo o controle da direção do veículo e invadido a pista contrária, colidindo de frente com o Spacefox que era conduzido por um homem, morador de São Paulo, que passa o feriado na casa de familiares na cidade de Batayporã.
Com o forte impacto a mulher sofreu uma possível fratura na perna direita e não conseguiu deixar o veículo. Já o condutor do Spacefox contava com um ferimento no joelho e lesões pelo corpo, mas conseguiu sair do carro sozinho e permaneceu de pé no local até a chegada dos bombeiros.
As equipes do Corpo de Bombeiros de Nova Andradina tiveram que imobilizar a mulher ainda dentro do carro. Ela foi resgatada e após os primeiros procedimentos foi encaminhada para uma unidade médica. O homem recebeu atendimento após o resgate da condutora do Ford Fiesta. Mesmo aparentando estar bem, ele também foi encaminhado para uma unidade médica por precaução.
Além do Corpo de Bombeiros a Polícia Militar Rodoviária (PMR) da Base Operacional Vale do Ivinhema, esteve no local prestando os atendimentos necessários. O trânsito ficou interditado durante o resgate e após o trabalho dos bombeiros a PMR fez liberação de uma pista no esquema pare e siga, até que os veículos fossem retirados da rodovia.

Uno capota e ocasiona colisão entre picape e moto entre Nova Andradina e Nova Casa Verde

Condutor do Uno evadiu do local, antes da chegada da polícia e bombeiros - Foto: Jornal da Nova
Dois acidentes foram registrados na noite deste domingo (27), por volta das 19h20 mim, na MS-134, entre Nova Andradina e Nova Casa Verde. O Capotamento de um veículo Fiat/Uno, gerou a colisão de uma picape VW/Saveiro e uma moto Honda/CG 150. Apenas o motociclista se feriu sendo socorrido pelo Corpo de Bombeiros a um hospital local.
D e acordo com o Jornal da Nova, o Uno, placas de Presidente Prudente (SP) seguia sentido a Nova Andradina quando, na altura do local conhecido como Quebra Carcaça, o condutor acabou perdendo o controle da direção veicular, vindo a sair da pista capotando em seguida.
Antes mesmo de sinalizar o local, quando, uma Saveiro também placas de Presidente Prudente (SP) conduzida por um homem, seguia sentido Casa Verde e diminuiu a velocidade, logo atrás, vinha um motociclista de 46 anos, que, ao tentar desviar da Saveiro na pista de rolamento, atingiu o retrovisor da Saveiro do lado direito, perdeu o controle vindo a sofrer uma queda às margens da rodovia.
Moto atingiu Saveiro que diminuiu a velocidade no local do acidente - Foto: Jornal da Nova
Com ferimentos, o motociclista foi socorrido pelos Bombeiros até uma unidade hospitalar. O condutor do Uno se evadiu do local, antes da chegada dos Bombeiros e da polícia. 
A PMR (Polícia Militar Rodoviária) sinalizou a rodovia onde ocorreu o acidente e registrou a ocorrência.

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Agora são 33 cidades em estado de emergência em Mato Grosso do Sul

G1
Os municípios sul-mato-grossenses de Nioaque e Rio Verde de Mato Grosso decretaram situação de emergência por causa das chuvas na quinta-feira (28). Com isso, segundo a Defesa Civil estadual, o número de cidades de Mato Grosso do Sul na mesma condição subiu para 33, o que representa 41,7% dos 79 municípios do estado, informa o G1.

 
Os outros municípios com emergência decretada por causa de estragos provocados pelas chuvas são Aquidauana, Jateí, Miranda, Dois Irmãos do Buriti, Ivinhema, Guia Lopes da Laguna, Batayporã, Vicentina, Taquarussu, Tacuru, Naviraí, Itaquiraí, Aral Moreira, Coronel Sapucaia, Amambai, Iguatemi, Sete Quedas, Paranhos, Caarapó, Juti, Novo Horizonte do Sul, Japorã, Eldorado, Deodápolis, Mundo Novo, Bela Vista, Laguna Carapã, Fátima do Sul, Caracol, Jardim e Campo Grande.
 
O decreto de Nioaque considera que o município foi atingido por chuvas intensas entre 1º e 6 de janeiro de 2016. Com isso, houve inundação do projeto assentamento Uirapuru, destruição da ponte de madeira sobre o córrego Arara e danos em vias urbanas e estradas vicinais.
 
Em Rio Verde de Mato Grosso, o decreto considera que o município foi atingido por chuva sem intervalo entre 5 e 15 de janeiro. Entre a noite do dia 14 e a madrugada do dia 15, a chuva foi intensa e o nível do rio Verde subiu consideravelmente, o que ocasionou enchente. Casas foram inundadas e destruídas, ruas ficaram intransitáveis, pontes foram destruídas estradas ficaram danificadas na zona rural.
 
Decretos
 
Do total de cidades em emergência, o governo do estado reconheceu 26 decretos. Conforme o Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira, o governo publicou um terceiro decreto que abrange mais oito cidades em situação de emergência, incluindo Deodápolis que aparece pela segunda vez no decreto estadual. Dessa vez, por estragos em outra região da cidade.
 
Foram incluídos os municípios de Deodápolis, Jardim, Guia Lopes da Laguna, Taquarussu, Nioaque, Ivinhema, Caracol e Dois Irmãos do Buriti. Essas gestões vão ter a possibilidade de receber reconhecimento do governo federal para a solicitação de recursos.
 
Nesta sexta-feira (29), está prevista a publicação de mais um decreto estadual para incluir Vicentina, Miranda, Fátima do Sul, Aquidauana, Jateí, Batayporã e Rio Verde de Mato Grosso. Para esses municípios não haverá pedido de reconhecimento federal, ficando apenas a nível estadual.
 
O coordenador-adjunto da Defesa Civil do Estado, tenente-coronel Adriano Rampazo, explicou que nessas cidades, os índices – relacionados aos danos e prejuízos causados pelo desastre - necessários para solicitar o reconhecimento federal não foram atingidos.
 
O primeiro decreto estadual, publicado no dia 22 de dezembro de 2015, abrangeu Tacuru, Naviraí, Coronel Sapucaia, Amambai, Sete Quedas, Paranhos, Caarapó, Iguatemi, Novo Horizonte do Sul, Juti, Aral Moreira, Eldorado, Itaquiraí, Japorã, Deodápolis, Mundo Novo, Bela Vista e Laguna Carapã.
 
Na segunda publicação, assinada no mesmo dia, estão as cidades de Deodápolis, Mundo Novo, Bela Vista e Laguna Carapã. Segundo o governo, apenas Campo Grande não deve ser incluída nos decretos estaduais.